sábado, 25 de fevereiro de 2017

Tião se diz aberto ao diálogo com Rosalba

Não existe rivalidade ou adversidade que não possa ser ultrapassada em nome de um bem maior. O empresário e ex-candidato a prefeito Tião Couto (PSDB) afirmou que está disposto – e reitera que sempre esteve – a discutir problemas de Mossoró no que diz respeito à geração de emprego e renda. 

Ele responde ao chamamento feito pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), que defendeu a união das classes política e empresarial para o desenvolvimento de ações que possam proporcionar desenvolvimento à segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

Sobre o chamamento feito pela prefeita, Tião Couto afirmou que é um caso a ser analisado, desde que as intenções dela e os projetos a serem discutidos sejam expostos de maneira clara. Para ele, precisaria Rosalba Ciarlini dizer que tipo de apoio precisa e para quais projetos quer ajuda. 

“Precisaríamos conhecer os projetos a serem executados e precisamos conhecer a necessidade e se não está sendo má administração a causa”, disse, acrescentando; “Nossa intenção é sempre ajudar, mas ajudar da forma correta.”

O tucano reafirmou o interesse em discutir com a administração municipal e disse que sempre esteve à disposição de Mossoró na geração de emprego e renda. “E vou continuar”, disse.

A disposição de Tião Couto em dialogar com Rosalba Ciarlini abre uma oportunidade para o fim do radicalismo político que marca todo fim de eleição. Principalmente em relação ao último pleito, que foi bastante acirrado e praticamente dividiu a cidade.

Tião Couto deixou claro que não quer entrar no mérito do problema, de quem o criou ou como surgiu. O interesse externado pelo tucano seria o de discutir soluções para algo que se apresenta danoso ao desenvolvimento coletivo e que estaria impedindo, de certa forma, a retomada do crescimento de Mossoró.

Caso haja entendimento entre Rosalba e Tião Couto, seria a primeira vez em que adversários se uniriam em prol de uma cidade. Ainda mais em virtude de o resultado da eleição ainda ser recente e que, de certo modo, ainda inflama comentários políticos de lado a lado, principalmente quando se tem ações tramitando na Justiça Eleitoral, as quais questionam a legitimidade do processo eleitoral do ano passado.

Caberá agora a prefeita Rosalba Ciarlini comandar as conversas, já que partiu dela o convite de união das lideranças políticas e empresariais para projetar o desenvolvimento de Mossoró.

.


Nenhum comentário: