sexta-feira, 22 de julho de 2016

Rosalba é líder, mas campanha não está ganha

A liderança da ex-governadora e ex-prefeita Rosalba Ciarlini (PP) é inquestionável. Ela continua sendo a maior líder de Mossoró. E não foi à toa que conseguiu se eleger três vezes prefeita e, nas vezes que saiu, conseguiu emplacar a sucessora. O blog não está dizendo que ela é imbatível. Pelo contrário. Apenas reconhecendo o que é notório. E a própria Rosalba sabe disso.

Fosse diferente, qual a razão de o PP realizar encontros no sítio Canto para estreitar relações com o cidadão? Por quais motivos Rosalba iria fazer visitas (na campanha) de bairro em bairro? Se ela fosse imbatível, certamente não faria nada disso. E é aí que está algo a ser seguido pelos demais pré-candidatos: por mais líder que seja, por mais trabalho prestado que tenha, por mais experiência que possa apresentar, nenhuma campanha está ganha até a leitura do último voto.

O material que está sendo preparado pela coordenação da campanha de Rosalba, pelo que o blog tem acompanhado pelas redes sociais, está seguindo um padrão que cativa quem o vê. A começar pela música de fundo: algo que transmite paz, tranquilidade. E é aí que poderia estar nascendo a diferença: se existiria essa preocupação em transmitir equilíbrio ao eleitor, por meio de uma simples (não confundir com desnecessária) música.

Quem milita na comunicação, seja em qual meio for, sabe perfeitamente que existe a famosa semiótica (leitura que se faz a partir de alguma percepção). E a equipe rosalbista, ao ver do blog, segue o scritp que deve ser.

O blog vai pesquisar se os demais pré-candidatos estão trabalhando com essa particularidade para, de igual modo, compartilhar aqui a sensação captada.

Nenhum comentário: