terça-feira, 28 de junho de 2016

Santa Luzia: R$ 15 milhões, Mossoró e Surubim

O blog concorda com o que disse o jornalista Neto Queiroiz acerca da concessão da dúvida em torno do empresário pernambucano Antonio Pacheco, que doará R$ 15 milhões à construção do Santuário de Santa Luzia. Não vai aqui nenhuma acusação. Apenas uma dúvida, a qual poderia ser esclarecida pelo doador: por quais motivos a escolha se deu por Mossoró? Não existiria, em Pernambuco, alguma cidade que tenha Santa Luzia como padroeira?

E mais uma: o que levaria um empresário a simplesmente doar R$ 15 milhões? É uma dinheirama danada. Ainda mais para um só doador. Não que o blog duvide da idoneidade do empresário, mas é como o pároco da Matriz de Santa Luzia afirmou no domingo, durante a missa: "quando a esmola é grande até o santo desconfia".

Assim sendo, o blog pesquisou um pouquinho e descobriu que lá em Pernambuco, especificamente na cidade de Surubim, Santa Luzia é a padroeira. Se o empresário é pernambucano, atua por lá, por quais motivos veio para Mossoró?

Eis a questão!!!

Nenhum comentário: