quarta-feira, 25 de maio de 2016

BIC's rendem prêmio nacional a Mossoró

A Prefeitura de Mossoró foi reconhecida nacionalmente mais vez. Nesta quarta-feira, 25, o prefeito Francisco José Júnior recebeu o Prêmio da Associação Nacional dos Prefeitos e Vice-Prefeitos da República Federativa do Brasil (ANPV), edição 2016. A solenidade aconteceu no Auditório Petrônio Portela do Senado Federal, em Brasília. 

O comitê avaliador da ANPV apontou nesta premiação os cem melhores gestores municipais do país, de acordo com os seguintes critérios: excelência na gestão, segurança pública, combate às drogas, sustentabilidade e meio ambiente.

"Para mim e toda a Mossoró é uma honra receber o reconhecimento de uma Associação de tamanha idoneidade, como a ANPV, que tem trabalhado ativamente em defesa dos municípios. Especialmente porque foram analisados diversos pontos, o que significa que estamos fazendo o certo na administração", comemorou Francisco José Júnior.

O destaque para a conquista do prêmio foi o resultado obtido por Mossoró com o projeto das Bases Integradas Cidadãs (BICs). Atualmente o município conta com sete destas unidades, que têm sido determinantes para o controle dos índices de criminalidade.

"Como todos sabem, a segurança pública não é uma prerrogativa do município, no entanto, nossa gestão elegeu a segurança da população como prioridade e assim ampliamos de uma para sete Bases em apenas dois anos, atendendo todas as áreas de Mossoró", explicou o prefeito, que pretende continuar com o plano de ampliação das BICs na cidade.

Atualmente, as unidades, que funcionam a partir do trabalho ostensivo e de prevenção em conjunto entre a Guarda Civil Municipal e a Polícia Militar, estão instaladas no Santo Antônio, Paredões, Sumaré, Abolições, BIC Tur, Vingt Rosado e Boa Vista.


Nos últimos dois anos, Mossoró recebeu outros prêmios de reconhecimento nacional. A cidade já foi classificada em 28º lugar entre os municípios de grande porte que mais investem em saúde e educação, além de ser apontada como uma das 50 melhores para se viver e integrar o G-20 dos municípios com melhores indicações econômicas da região Nordeste.

Fonte: Secom/PMM

Nenhum comentário: