quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Reeleição de Silveira tende a fracassar

Por quais motivos o prefeito Silveira Júnior (PSD) sondou o ex-reitor e empresário Milton Marques de Medeiros? Por quais motivos fez o mesmo com padre Charles, diretor do Colégio Diocesano? Para quem defende a continuidade da atual administração, o próprio prefeito está externando que não deverá ser candidato a reeleição. Fosse diferente, não fazia sentido algum haver convites ou sondagens para que líderes (empresariais e religiosos) topem disputar a Prefeitura de Mossoró.

O blog entende que Silveira não será candidato. Não tem condições. Ou melhor: não reúne as condições para tentar permanecer sentado na giroflex do Palácio da Resistência.

É só analisar seus atos. Presentes e passados. Quem quer ser candidato não deixa faltar o básico em termos de saúde. E está faltando em Mossoró. Um exemplo é a Insulina. E se Silveira diz que está cuidando das pessoas, algum auxiliar não entendeu bem o significado da palavra "cuidar". Principalmente das pessoas.

O blog crê que Silveira vai continuar insistindo na teoria de que será candidato. Tudo para tentar obter o poder de indicar o nome que vai substituí-lo na chapa. Se terá sucesso, isso é outra história. O certo é que o presidente estadual do PSD, governador Robinson Faria, está acompanhando tudo o que se passa por estas bandas. Mesmo ausente. De corpo e de ações.

Por isso que se fala que o presidente da Câmara Municipal, vereador Jório Nogueira, seria o substituto de Silveira nas eleições deste ano. Resta saber se será um bom negócio.

Nenhum comentário: