quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Rosalba está elegível para 2016

Com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), de inocentar a ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) e deixá-la elegível para a disputa de qualquer eleição, o cenário político que se avizinha ganha nova roupagem. É que falou-se que o prefeito Silveira Júnior (PSD) estaria imaginando um quadro em que iria para a reeleição como candidato único. Isto é: sem enfrentar resistência de alguma liderança local.

Assim, com a elegibilidade garantida, nada impede que Rosalba Ciarlini seja candidata à Prefeitura de Mossoró. Existe rumores de que a chapa a ser encabeçada por Rosalba teria a ex-prefeita Fafá Rosado (PMDB) como candidata a vice. Inclusive seria algo natural. Fala-se também que a também ex-prefeita Cláudia Regina poderia apoiar tal composição. Mas isso é algo a se discutir. Dificilmente Cláudia apoiaria um nome do PSB, da ex-deputada estadual Larissa Rosado. Também seria difícil Cláudia seguir com o prefeito. Por razões óbvias.

Com isso, Silveira praticamente está isolado. Não tem respaldo de nenhuma liderança. Até o governador Robinson Faria (PSD) o deixou sozinho. Robinson prefere a companhia do presidente da Câmara Municipal, Jório Nogueira (PSD), do que seguir com Silveira. E isso é público. Não é novidade para ninguém.

O único reforço que o prefeito tem são pequenos partidos que não agregam, politicamente e eleitoralmente. O PT, que poderia ser o diferencial, não está satisfeito. E essa conclusão chega pelo comportamento adotado pelo vice-prefeito Luiz Carlos.

Como se vê, Silveira terá que repensar a ideia de sair candidato a reeleição. Não existe clima político e nem eleitoral para isso. Ele, que tinha tudo para ser o novo líder maior da segunda cidade do Rio Grande do Norte com maior expressão política, não soube aproveitar. Deixou o barco navegar sozinho, sem comando. Tudo fruto de participações consecutivas de campanhas, seja na Prefeitura, Governo do Estado ou na Femurn. O resultado, embora positivo para Silveira, tem se mostrado totalmente negativo para ele.

Nenhum comentário: