quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Rosalba garante elegibilidade e Cláudia é absolvida em um processo

A ex-governadora Rosalba Ciarlini (PP) está elegível e apta às eleições de 2016. Nesta quarta-feira o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgou improcedente a decisão que havia sido tomada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que aplicou pena de inelegibilidade à Rosalba decorrente de anúncio de perfuração de poço na zona rural de Mossoró durante a campanha eleitoral de 2012. Antes disso, no segundo processo que foi interrompido nesta quarta-feira, Rosalba já havia se livrado da inelegibilidade em decisão monocrática da ministra Maria Thereza com relação à alegação de que o uso do avião governamental teria desequilibrado o resultado do pleito, no qual a vencedora foi Cláudia Regina (DEM). Com isso, a ex-governadora volta a ter seus direitos políticos e deve ser candidata à Prefeitura de Mossoró no próximo ano.

No julgamento desta quarta-feira, a prefeita cassada e afastada Cláudia Regina foi inocentada em um dos processos, o qual versava sobre a perfuração de um poço. No segundo, que foi suspenso devido pedido de vista solicitado pela ministra Luciana Lóssio, Rosalba estava com um voto favorável (embora já estivesse livre desse processo anteriormente), e um voto pela manutenção da cassação de Cláudia Regina.

Os advogados de Cláudia Regina e de Rosalba Ciarlini estão confiantes. Os de Cláudia Regina afirmam que não existem, nos autos, nada direcionado diretamente à prefeita afastada. Daí insistirem na tese de que ela deve ser inocentada e, por consequência, retornar à Prefeitura de Mossoró.

O processo que foi interrompido nesta quarta-feira deverá entrar na pauta daqui há 15 dias, já que o ministro Admar Gonzaga não estará presente na sessão da próxima semana.

Na terça-feira que vem, 3 de novembro, serão julgados dez processos que tramitam no TSE contra a prefeita afastada Cláudia Regina.

A vitória de Cláudia Regina nesta quarta-feira, embora em apenas um processo, representa um indicativo de que a esperança plantada por seus seguidores nas redes sociais deverá ser suscitada novamente.

Cláudia está em Brasília, onde acompanha o desenrolar das decisões judiciais eleitorais. Assim como a ex-governadora Rosalba Ciarlini.

Nenhum comentário: