quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Policiais são condenados pelas mortes de prefeito e seu motorista

Cinco policiais civis foram condenados no início da manhã desta quinta-feira, 1º, pelas mortes do ex-prefeito de Grossos, João Dehon da Costa Neto, e o seu motorista, Márcio Sander Martins, ocorridas no dia 23 de junho de 2005, na BR 304, na entrada do município de Santa Maria.

Foram julgados e condenados a 17 anos e 6 meses de prisão João Maria Xavier Gonçalves, Newton Brasil de Araújo Júnior, Railson Sérgio Dantas da Silva, João Feitos Neto e José Wellington de Souza. Já José Wellington de Souza foi sentenciado em 17 anos e 4 meses

Todos perderam à função pública e foram condenados por homicídio qualificado e lesão corporal grave.

Dehon Caenga, como era mais conhecido, e seu motorista foram baleados por policiais civis. A ação foi considerada desastrosa pela própria Polícia Civil à época. O ex-prefeito voltava da capital do estado em companhia de outras três pessoas quando foram alvos de uma emboscada.

Perseguido, o condutor do veículo ainda chegou a parar em um posto de combustível. Os policiais estavam em uma operação para recuperar um carro roubado, quando confundiram o veículo do ex-prefeito com o dos suspeitos. O julgamento ocorreu no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, em Natal, e durou cerca de 21 horas.

Fonte: Defato.com

Nenhum comentário: