terça-feira, 9 de junho de 2015

Silveira pode apoiar Larissa ou tê-la como vice

Mesmo enfrentando dificuldades de ordem administrativa, o prefeito Francisco José Júnior (PSD) segue sozinho. As vozes oposicionistas não se manifestam e deixam o trabalho para três vereadores. Algo que, realmente, é intrigante. Geralmente, em se tratando de política, começa-se o "tiroteio" bem antes. Algo que não se vê em Mossoró.

Daí o blog estar dizendo que Silveira Júnior pode até ter tomado decisões equivocadas ou que sua equipe tenha, no popular, colocado o carro na frente do boi... E explica-se: algumas medidas não surtiram tanto efeito. E ainda não surtem. A começar pelo Cidade Junina: a decoração, por exemplo, foi a mesma utilizada no Natal do ano passado. Os "garajaus" colocados em alguns postes da Avenida Rio Branco, se formos fazer o comparativo com dezembro de 2014, são os mesmos. Então, não faz sentido algum se ter no projeto do Mossoró Cidade Junina a quantia de R$ 300 mil à decoração.

Mas isso seria o de menos. E nem isso a oposição faz.

Assim sendo, Silveira Júnior segue seu caminho com vistas às eleições do ano que vem.

Dizem até que existiria um acordo entre o prefeito e o grupo liderado pela ex-deputada federal Sandra Rosado (PSB), o qual versaria sobre dois pontos específicos: se o prefeito reunir condições políticas e populares para tentar renovar seu mandato, o grupo de Sandra o apoiaria e indicaria a ex-deputada estadual Larissa Rosado (PSB) como candidata a vice. Caso Silveira não tenha condições de ir ao embate eleitoral, ele apoiaria Larissa e indicaria o vice.

Com isso, de cara se teria o escanteamento do PT. E como o atual vice-prefeito Luiz Carlos reagiria? Naturalmente que o caminho viável seria retornar à Câmara Municipal. Algo que Luiz já estaria projetando e trabalhando.

Como foi dito no começo deste texto: Silveira está sozinho e cabe a ele decidir qual caminho seguir: se pela viabilidade política e popular ou apenas apoiar um candidato.

E, nesse emaranhado de informações, quem também sobraria seria o secretário municipal de Planejamento, Josivan Barbosa de Menezes (PT), que ainda tem o sonho de ser candidato a prefeito. Caso Silveira apoie Larissa, o grupo governista poderá repetir uma chapa já vista em 2012: Larissa e Josivan.

Obviamente que o que segue neste espaço é pura especulação. Claro que com alguma pitada de informações de bastidores.

Nenhum comentário: