quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Só falta o Concílio de Trento

De 2012 para cá, Francisco José Júnior (PSD) participou de quatro eleições diretas e uma indireta. Foi reeleito vereador em 2012 e depois se candidatou à presidência da Câmara Municipal. Com a cassação da então prefeita Cláudia Regina (DEM), ele assumiu a Prefeitura e foi candidato a prefeito em pleito suplementar. Nesta quinta-feira, pela quarta vez, ele entrou em mais uma disputa, desta vez pela presidência da Federação dos Municípios do RN (Femurn). E ganhou. Em 2014 participou ativamente da campanha do então candidato Robinson Faria (PSD).

Como se vê, o prefeito de Mossoró mal teve tempo para respirar direito. Envolvido em tantas eleições consecutivas, é de se esperar que algo deixe a desejar. Mas parece que o prefeito não enxerga dessa maneira e tem dito, em entrevistas, que sua administração não "peca".

Bom, talvez o prefeito esteja correto e os problemas que se constatam na cidade seja culpa de seus auxiliares. O Teatro Municipal Dix-huit Rosado, por exemplo, parece um imóvel abandonado. As cerâmicas estão despencando. Problema semelhante se percebe no Memorial da Resistência. Enfim, mas tudo está bem e não se pode vislumbrar qualquer possibilidade de falhas.

Silveira tem tido sorte. Muita sorte. Mal conseguiu ser eleito vereador. Chegou à presidência da Câmara Municipal e a Prefeitura lhe caiu de "mão beijada". Agora é presidente da Femurn e só falta ele se candidatar ao Concílio de Trento, no Vaticano.

Nenhum comentário: