terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Qual o interesse de Robinson na Femurn?

O governador Robinson Faria (PSD) começa o governo pensando no futuro. Especificamente em quatro anos. É que a inserção do nome do prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior (PSD), á disputa pela presidência da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Fermurn), evidencia que o governador tem interesse claro de "tirar" a instituição do comando do PMDB. Hoje a Femurn é presidida por Benes Leocádio, prefeito de Lajes, e que mantém ligações fortes com o presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB). Henrique foi derrotado por Robinson na disputa pelo Governo do Estado.

Quando o blog diz que Robinson pensa no futuro, trata-se do futuro político dele. Afinal, a Femurn é uma instituição que seria um canal de aproximação de prefeitos com o Governo do Estado. Se Benes Leocádio continuar à frente da Federação, seria um problema para o governador. Daí a indicação do nome do prefeito de Mossoró para a disputa.

Como tudo está em jogo, o blog diria que o governador precisa deixar de lado esse aspecto futurista e se preocupar em administrar. É bem verdade que a gestão dele começou agora. Também é verdade que não se pode cobrar muito dele. Afinal, são poucos dias de governo. Contudo, a Femurn não é problema do Governo do Estado.

Até porque o prefeito de Mossoró já tem muitos problemas para resolver. E encarar mais esse "desafio" não seria bom para a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. 

Mas problemas é o de menos. Quem liga para o cidadão? Quem liga para ruas esburacadas e que são limpas quando alguma solenidade está para acontecer?

O que importa é a sagacidade política. O que vale é o prestígio. E o que é primordial é tirar adversários políticos do comando de instituições que poderiam render alguns "lucros políticos" daqui a quatro anos.

Nenhum comentário: