quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Rosalba, Fafá e Cláudia podem se realinhar

O jornalista Givanildo Silva, "caba" bom e bem informado, colocou em seu blog (www.givva.com.br) que não vai tardar para que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e as ex-prefeitas Fafá Rosado (PMDB) e Cláudia Regina (DEM) sentem para saborear o chamado "chá das 5". E, especulando sobre 2016, não seria difícil nem duvidoso que elas se reunissem novamente. As três sabem perfeitamente que unidas podem. E muito.

Caso o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não garantir o retorno de Cláudia Regina à Prefeitura de Mossoró - pois existe a possibilidade de Cláudia reassumir o cargo - é provável que tudo seja recomeçado. Como Cláudia Regina estaria impedida, uma chapa tenderia a se formar: Rosalba Ciarlini/Fafá Rosado. Difícil? Obviamente que não.

Rosalba, todo mundo sabe, foi traída por seu próprio partido e o presidente do DEM, senador potiguar José Agripino Maia, passou a ser seu maior adversário. Daí que já se projeta que Rosalba estaria propensa a disputar uma das vagas do Senado em 2018. Complicado? Não. Seria perfeitamente normal. Para tanto, Rosalba precisaria recomeçar. E o recomeço, pela lógica, se daria pelo seu berço eleitoral: Mossoró.

Já se fala que Rosalba irá se juntar ao prefeito Francisco José Júnior (PSD) agora neste segundo turno. Pode até acontecer. Mas ela já está sabendo que não terá respaldo algum mais na frente, já que o deputado federal Fábio Faria (PSD) - filho do candidato Robinson Faria (PSD), que está no segundo turno na disputa pelo Governo do Estado - vem sendo apontado como provável candidato ao Senado em caso da vitória do pai. Assim acontecendo, o candidato preferencial de Silveira ao Senado em 2018 seria Fábio Faria. 

Além disso, Rosalba Ciarlini também sabe que participando de tal projeto político encabeçado pelo prefeito de Mossoró, ela praticamente seria "podada" por ele. E, quem conhece Rosalba, sabe que ela não é afeita a esse tipo de história. Os votos obtidos por Fátima Bezerra (PT) em Mossoró, na eleição de 5 de outubro passado, já mostraram isso.

Daí que pensar na reunificação do trio Rosalba/Fafá/Cláudia Regina é perfeitamente cabível em toda e qualquer especulação que se possa fazer de agora em diante.

Nenhum comentário: