segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Robinson 'esquece' apoio de Rosalbistas

A coisa "fedeu" mesmo para o lado do candidato Robinson Faria (PSD). Principalmente em Mossoró. É que ele afirmou, em recente entrevista ao jornal Tribuna do Norte, que não queria negócio político com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Até faz sentido ele não querer aproximação. Mas dizer isso quando ele espera apoio maciço de rosalbistas...

Vejam a resposta dele sobre o tema:

O senhor aceitaria um possível apoio da governadora Rosalba Ciarlini? Há alguma aproximação nesse sentido?
Não. Sem possibilidade. Eu sou coerente. Quando eu rompi com a governadora Rosalba Ciarlini foi porque eu discordava do governo dela. Não pude trabalhar na SEMARH, não pude implantar meu programa de segurança. Discordei das decisões administrativas tomadas por ela, me decepcionei e saí pela porta frente. Entreguei todos os cargos e saí. E fui para a oposição. Mantenho o discurso crítico. Não vou mudar por interesse eleitoral. A governadora já declarou sua posição de neutralidade.E o que vemos são aliados, pessoas de sua intimidade, legenda e convívio dando apoio ao candidato da coligação do PMDB. Isso deixa claro de que lado ela está. Esse é um assunto encerrado.


NOTA DO BLOG
Robinson está com amnésia política. Não é o PMDB quem está recebendo apoios e adesões. É ele mesmo. É Robinson. O deputado federal Betinho Rosado (PP) está com quem? Na aliança majoritária com Robinson. Rosalbistas de Mossoró estão apoiando quem?

O candidato do PSD teme que o índice elevado de rejeição de Rosalba o afete. Não tem como, diria o blog. Robinson não empolga. Não basta pousar para fotos com as duas mãos esticadas para frente e fazer o "55" para ficar em alta. É preciso mais.

Como ele iniciará a "Caravana da Liberdade", é provável que ele se livre do peso que ele externa, politicamente falando. É esperar que este segundo mês de campanha apresente algum sinal positivo para o vice-governador.

Nenhum comentário: