sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Retomar obras paradas seria um bom começo

Release enviado pela assessoria do prefeito Francisco José Júnior (PSD) informa que ele, depois que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou registro de candidatura do pai - Francisco José - decidiu não "apresentar" substituto e que vai se dedicar à administração. Quer dizer que no mês de julho o prefeito não se dedicou? Nem nos meses anteriores?

O release informa ainda que o prefeito vai anunciar seu candidato a deputado estadual no dia 11 e que continuará trabalhando as candidaturas de Robinson Faria (PSD) ao Governo do Estado, da deputada federal Fátima Bezerra (PT) ao Senado e do deputado federal Fábio Faria (PSD) à reeleição.

A assessoria do prefeito diz ainda que ele tem pouco tempo e muitos projetos para colocar em prática. Fala ainda dos problemas financeiros da Prefeitura e de "heranças negativas" deixadas por gestões anteriores.

A assessoria do prefeito sabe perfeitamente que o "discurso do retrovisor" não é bom. Indica que o gestor está olhando para o passado, esquecendo o presente e deixa de projetar o futuro. Basta olhar o exemplo da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

Ademais, o prefeito está no cargo desde dezembro do ano passado. Falar em "herança maldita" somente agora é exagero. Afinal, o slogan de campanha dele, quando da eleição suplementar, dizia que ele era "testado e aprovado". É hora de colocar em prática tudo o que foi dito na campanha recente.

Retomar as obras que estão paradas já seria um bom começo.

Nenhum comentário: