quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Quem saberia o nome do estadual do prefeito?

A resposta para a pergunta acima é simples: ninguém. A não ser o próprio Francisco José Júnior. Pelo que ele tem dito, duas alternativas estão postas: o deputado José Dias, que tenta a reeleição, ou o ex-prefeito de São Miguel, Galeno Torquato. Ambos são do PSD Mesmo partido de Silveira.

E alguém até pode dizer ou perguntar se não seria problema o prefeito de Mossoró apoiar candidatos de fora. Até poderia. Mas certamente ele deve ter suas razões. Ou motivos. E a questão partidária pode ser um deles.

Silveira pode perfeitamente estar seguindo orientação do candidato a governador do seu partido, o hoje vice-governador Robinson Faria.

Por sinal, Robinson parece ser mesmo a palavra-chave para a questão. É que ele estaria apostando suas fichas nos recentes números que apontam “empate técnico” entre ele e o seu adversário mais direto, o peemedebista Henrique Eduardo Alves.

O certo é que o prefeito de Mossoró saiu de uma zona confortável, onde estava até o mês passado, quando seu pai era – Francisco José - candidato a deputado estadual, para apostar na sua aprovação popular. Sim, porque apoiar um nome de fora de Mossoró não será tarefa fácil. Dizem que o prefeito teria condições de eleger o pai, ou um irmão que é filiado ao PSD, com facilidade.

Agora é esperar para saber quem será o seu candidato.


Algo que deverá ser anunciado nesta sexta-feira, quando o comitê de campanha de Robinson Faria será inaugurado em Mossoró.

Nenhum comentário: