sexta-feira, 18 de julho de 2014

Leonardo, Larissa e Francisco José: quem leva a melhor?

Leonardo Nogueira (DEM), Francisco José (PROS) e Larissa Rosado (PSB). Quem levará a melhor? Mossoró, historicamente, não elegerá nenhum diretamente. Mas é daqui que, historicamente, uns saem com maior vantagem sobre seus adversários mais diretos. A vantagem estaria com quem? A resposta, quem dará é o eleitor.

Leonardo Nogueira vem de duas campanhas vitoriosas. Foi eleito para o primeiro mandato em 2006 e se reelegeu em 2010. Tenta o terceiro mandato. Começou bem em Mossoró. Manteve-se no patamar inicial. Aumentou bases e tem conversado com lideranças de outras cidades, a fim de ampliar o leque de apoios. Larissa Rosado participa de campanha a cada dois anos. Tática para estar em evidência e sobreviver politicamente. Faz parte do jogo.

Larissa, assim como Leonardo, tem base solidificada em Mossoró, segundo maior celeiro eleitoral do Rio Grande do Norte. Ela sofreu redução de apoios, mas nada que possa ameaçá-la diretamente. Ou pode? O blog não tem a resposta. Mas não se deve menosprezar o poder de reação dela. Assim como não se deve olhar por baixo a questão de Leonardo Nogueira.

E tem Francisco José. Ex-deputado estadual. Sabe o caminho das pedras. Sabe a quem procurar. Até agora, pelas notícias que chegam pela sua assessoria, o apoio recebido tem crescido. Mas garantir apoio não basta.

As três - Leonardo, Larissa e Francisco José - sabem perfeitamente que o apoio não é elemento primordial à conquista do voto. É o eleitor que deve ser conquistado. Até porque a transferência de votos não é algo que se possa confiar. Uns têm tal poder. Outros, não. É uma das regras da política que ainda está em evidência.

Nenhum comentário: