quarta-feira, 30 de julho de 2014

Jório Nogueira e Betinho Segundo na expectativa

Com relação aos nomes que foram deferidos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE), um total de 89, dois se destacam: o filho do deputado federal Betinho Rosado (PP), Betinho Segundo (PP), e o vereador Jório Nogueira (PSD). Os dois já afirmaram que não serão candidatos. Jório até ensaiou que teria apoio de empresários locais para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa. mas desistiu e declarou apoio à postulação do ex-deputado estadual Francisco José.

Betinho Rosado está implicado com a Justiça. É que ele aparece na lista dos que estão inelegíveis em virtude de falhas detectadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE). Isso do período em que ele foi secretário estadual de Educação no governo de Wilma de Faria (PSB).

Já Francisco José (PROS) tem que provar que é filiado ao PROS. O juiz Verlano Medeiros, do Tribunal Regional Eleitoral, listou algumas diligências e solicitou originais de toda a documentação relacionada à ida do ex-deputado à legenda comandada pelo vereador natalense Rafael Motta no Rio Grande do Norte. Verlano quer selos e livro de controle do 4º Cartório de Natal do mês de outubro do ano passado.

Francisco José, por outro lado, diz, via assessoria, que está tudo bem e que não existe nenhum problema com seu registro. Ele apresentou ao TRE cópía autenticada de sua filiação, a qual teria ocorrido em 5 de outubro do ano passado. Um sábado.

O candidato do PROS se preveniu, pois o fato de se registrar filiação partidária em cartório não é praxe. Até porque não precisa. Isso porque os partidos se encarregam de enviar a lista de filiados duas vezes: outubro e abril do ano subsequente.

O PROS teria cometido a gafe de não incluir o nome de Francisco José no rol de filiados. E, por ter apresentado cópia autenticada em cartório de filiação, cujo documento tem assinatura do presidente estadual do PROS, Rafael Motta, este também foi arrolado ao processo para prestar esclarecimentos.

O prazo de apresentação de documentos, tanto de Francisco José, do Cartório de Natal e de Rafael Motta, já expirou. O Tribunal Regional Eleitoral tem até o dia 5 de agosto, conforme o calendário eleitoral, para julgar o processo relacionado à candidatura de Francisco José.

Diante disso, não se pode afastar a hipótese das candidaturas de Betinho Segundo e Jório Nogueira. Afinal, o deputado federal Betinho Rosado e o prefeito Francisco José Júnior (filho do ex-deputado Francisco José) têm interesse em garantir seus espaços na Câmara Federal e Assembleia Legislativa, respectivamente.

Nenhum comentário: