sábado, 19 de julho de 2014

Começa a 'guerra' visual de candidatos

As primeiras peças publicitárias começam a ser vistas em Mossoró. E quem sai na frente são Fafá Rosado (PMDB), Leonardo Nogueira (DEM) e Francisco José (PROS). Locais estratégicos, de visualização e de movimentação. Como tem que ser.

Nos bastidores a movimentação tem sido intensa. É que a campanha começou e quem ficar parado dança. A regra, em toda e qualquer eleição, é a dinamicidade. E todos sabem que é preciso seguir em linha crescente.

Assim sendo, agendas estão em pleno vapor. São visitas, contatos e busca por parcerias, as chamadas dobradinhas. No caso de Fafá Rosado e Leonardo Nogueira, os dois seguem juntos em alguns municípios. Em outros, não. Em Mossoró, por exemplo, eles devem seguir assim em umas áreas. Obviamente que em outras cidades a lógica aponta para o contrário. Afinal, é preciso somar.

E , na matemática eleitoral, ganha mais quem encontrar aliados que possam acrescer. A soma de um mais um pode render 100 mil. Mais ou menos. Pode render um mandato, no caso à Câmara Federal. E menos um pouco à Assembleia Legislativa.

Daí que todos estão buscando, por caminhos diferentes, a mesma matemática.

No caso da corrida à Câmara Federal, uns estão avançados. Já sabem o chamado "caminho das pedras". Outros buscam a via de acesso aos votos. E tem que ser assim mesmo. Até porque são apenas oito cadeiras. Não se sabe quem será eleito. Até porque o eleitor ainda não se manifestou. Mas, como se diz por aí, não se deve menosprezar capacidade de nenhum candidato. Obviamente que uns têm mais chances que outros, mas todos estão na mesma trilha em busca do voto.

A disputa pelas 24 cadeiras da Assembleia Legislativa também é árdua. Quem é ou já foi deputado, é o caso de Leonardo Nogueira e Francisco José, sabe perfeitamente que a disputa é bem acirrada. E o acirramento também se constata na distribuição das peças publicitárias. O serviço da assessoria de imprensa e do marketing é fundamental. Afinal, é preciso divulgar. E quem não divulga acaba sendo prejudicado de alguma maneira.

 Os demais candidatos com atuação em Mossoró, seja à Câmara Federal ou à Assembleia Legislativa, ainda não enviaram suas movimentações nem algum material de campanha. Caso o façam, obviamente será divulgado.

Nenhum comentário: