sexta-feira, 11 de maio de 2012

'PT será elemento destruidor da campanha de Larissa'

E o PT de Mossoró reagiu à altura. Após a ameaça clara de intervenção no diretório local, os petistas mostraram força, coragem e união para enfrentar a executiva nacional. Agora a pouco, entrevistado no programa Cenário Político, o dirigente sindical petista Gilberto Diógenes resumiu o sentimento que tomou conta da militância que optou pela candidatura do reitor da Ufersa, Josivan Barbosa de Menezes, à Prefeitura de Mossoró.

"O PT será elemento destruidor da campanha de Larissa (deputada estadual Larissa Rosado, pré-candidata do PSB)." E mais: "o PSB vai se arrepender dessa (tentativa) de intervenção." 

Isso mostra que o AI-5 (Ato Inconstitucional) interno anunciado pela executiva nacional do PT, que remete ao período da ditadura militar, não foi bem digerido pelos petistas mossoroenses. Ainda mais quando essa intervenção beneficiaria a candidatura do PSB.

O certo é que a executiva local petista ergueu a cabeça e está sabendo encarar a ameaça. De cara, enquadrou o PT nacional e deixou claro que se a executiva nacional quiser intervir, que dê o golpe.

Nenhum comentário: