segunda-feira, 14 de maio de 2012

PT de Mossoró vivencia crise interna

Fosse o titular do blog o reitor Josivan Barbosa de Menezes, mandava às cucuias o PT mossoroense. Está evidente e claro que o diretório petista não quer brigar com a executiva nacional. A manutenção da pré-candidatura de Josivan não interessa mais ao PT local. Prova disso foram as três "notas oficiais" lançadas dias passados. Não há sintonia na legenda, o que fragiliza - ainda mais - o projeto de disputar a Prefeitura de Mossoró este ano.

Entende-se existe falta de comunicação no PT local. Apesar da decisão pela candidatura própria, alguns petistas de Mossoró insistem e defendem a aliança com o PSB. A executiva municipal, ao que parece, não repassou o resultado da consulta aos petistas. O secretário da legenda, Íbero Hipólito, é um dos que não teriam sido cientificados da decisão tomada há alguns meses.

O próprio presidente do PT, Valdomiro Morais, está descrente. Tanto que anunciou afastamento da presidência por 180 dias. Duas explicações rondam essa decisão: falta de pulso para enfrentar a executiva nacional ou interesse na aliança com o PSB. O blog não vê outras razões.

Nenhum comentário: