quinta-feira, 10 de maio de 2012

Presidente do PT de Mossoró não suporta pressão

O presidente do PT mossoroense, Valdomiro Morais, oficializará hoje à noite licença do comando do partido. Ele se ausentará por 180 dias. Morais alegou, no comunicado extraoficial, que o diretório de Mossoró passará por "turbulências" nos próximos dias.

Entende-se, com isso, que Valdomiro Morais teria sido informado da decisão do diretório nacional e não teria forças ou motivação para ser contra a imposição relacionada à retirada da pré-candidatura de Josivan Barbosa de Menezes.

Apesar do novo cenário, Josivan reafirmou ao blog que mantém o projeto e que vai esperar documento da executiva nacional. Ele entende que não basta apenas a executiva nacional querer: o diretório local é quem deve manter a posição já tomada.

Nenhum comentário: