quarta-feira, 2 de maio de 2012

Henrique Alves tem ato de 'deselegância' com o DEM

Interessante a posição do presidente estadual do PMDB, deputado federal Henrique Eduardo Alves: ele chiou dia desses devido às especulações feitas na imprensa acerca do nome do ex-secretário municipal de Serviços Públicos Alex Moacir, que aparecia como provável candidato a vice-prefeito da chapa governista em Mossoró. Ele afirmou que a definição caberia ao PMDB e que o quadro que se desenhava à época era "deselegante" e que somente o PMDB iria indicar o nome.

Ocorre que Henrique Alves sofreu um lapso de memória e afirmou, em sua conta pessoal no Twitter, que o PMDB já havia definido o nome e que este seria encaminhado à aprovação do ministro Garibaldi Alves Filho e, depois disso, para a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) e à vereadora Cláudia Regina (DEM).

O blog não entendeu bem quando ele se afirmou que o nome seria enviado para conhecimento de Cláudia Regina. A vereadora é, sem dúvida, a mais cotada para ser a candidata do Democratas à Prefeitura de Mossoró. Contudo, seu nome não foi oficializado pelo presidente local do DEM, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado.

O que Henrique Alves fez, no mínimo, foi um ato de extrema deselegância com o DEM, já que não houve anúncio oficial do candidato a prefeito.


Nenhum comentário: