segunda-feira, 23 de abril de 2012

Sindiserpum teria R$ 600 mil anual em contribuições

Quando o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (SINDISERPUM) apela para ver os números relacionados à educação (total de servidores e a folha de pagamento) esquece de fazer o dever de casa. É que, antes de pleitear o que a diretoria sindical chama de "caixa preta", deveria tornar público seus próprios silêncios.

Quanto é que o Sindserpum movimenta de contribuições sindicais, descontadas no salário dos funcionários?

Por alto, o blog teve a informação de que seriam R$ 50 mil/mês, o que daria um caixa anual de R$ 600 mil ao Sindiserpum.

Agora a pergunta básica: para onde vai esse dinheiro?

Ao que consta, o Sindiserpum nunca publicou balancete de suas finanças no Jornal Oficial do Município (JOM) e, com isso, abre uma série de questionamentos.

A sede é própria? Se não for, quanto paga de aluguel? De quem é o imóvel?

O Sindiserpum tem área de lazer para os servidores?

Por quê tem que constar da diretoria sempre membros de gestões anteriores?

Será que não existem quadros qualificados entre os filiados para comandar o sindicato?

Há quanto tempo a atual diretoria não cumpre carga horária em sala de aula?

Caso o Sindiserpum tenha essas respostas, o blog se compromete a publicá-las.

Nenhum comentário: