sexta-feira, 27 de abril de 2012

PSB 'deita e rola' em Mossoró

Inegavelmente, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) - pré-candidata à Prefeitura de Mossoró - segue na frente. Muitos apontam que o pré-lançamento do nome de Larissa às eleições deste ano teria sido antecipado para forçar o grupo governista a fazer o mesmo. Contudo, vê-se que a pessebista vem conseguindo atrair partidos em torno de seu projeto. Tanto que, neste sábado, às 10h, cinco legendas vão oficializar apoio à deputada.

Muitos podem dizer que se trata de algo sem expressão. Mas, na prática, não é isso que acontece. Ocorre que realmente houve precipitação no lançamento de Larissa Rosado pela sua mãe, deputada federal Sandra Rosado (PSB). Poderia ser ato extremo? Sim, claro. Afinal, o sandrismo se vê obrigado a bancar a pré-campanha sem que haja, até agora, apoiadores financeiros do processo, já que o período não permite e é igualmente vetado pela legislação eleitoral.

O quadro, apesar de ser aparentemente danoso, financeiramente, pode ser visto por outro ângulo: o nome de Larissa ganha robustez. Vai se solidificando e pode ser que ela realmente atinja seu objetivo: ser eleita.

Enquanto o grupo governista se vê envolto em dúvidas sobre a chapa majoritária, a oposição trabalha e com afinco para evitar gorduras políticas ao nome que será divulgado, sem data prevista, pelos líderes do Democratas.

Fala-se na vereadora Cláudiia Regina (DEM), mas até agora nada foi afirmado ou negado. A questão é que o tempo está passando sem que o grupo governista se pronuncie e a demora pode ser fatal.

Não foi só o nome de Larissa Rosado que foi antecipado. Todo o processo pré-eleitoral seguiu esse ritmo. Daí a suposta vantagem que o PSB teria em relação ao DEM. Numericamente falando. Maio começa na próxima semana e estamos há praticamente um mês das convenções. Enquanto decisões não são tomadas, o PSB vai, como se diz, deitando e rolando. E sozinho.

Nenhum comentário: