terça-feira, 17 de abril de 2012

Petistas declaram guerra a Sandra Rosado

O PT de Mossoró declarou guerra ao PSB, controlado pela deputada federal Sandra Rosado. É que os petistas mossoroenses foram informados de algo que eles já desconfiavam: partiu de Sandra o pedido para que o Partido dos Trabalhadores retirasse a pré-candidatura do reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Josivan Barbosa de Menezes, à Prefeitura de Mossoró.

A confirmação do plano de Sandra Rosado foi passada aos petistas mossoroenses pelo secretário do PT nacional, Paulo Frateschi. Segundo ele, Sandra teria ido ao ex-presidente Lula na companhia do governador pernambucano Eduardo Campos, presidente nacional do PSB, pedir a cabeça do PT mossoroense. "Ele disse que o pedido partiu da liderança do PSB na Câmara Federal", afirmou Josivan. A liderança hoje é ocupada por Sandra Rosado.

Diante dessa informação, o diretório local do PT não abriu mão de manter a candidatura própria e declarou guerra ao PSB. Especificamente à deputada federal Sandra Rosado.

É que, em caso de intervenção da executiva nacional, os petistas já adiantaram a Paulo Frateschi que não vão ás ruas com o PSB e que trabalharão em uma campanha para o voto nulo.

Nenhum comentário: