terça-feira, 24 de abril de 2012

Flavinho: 'que o sindicato preste contas dos R$ 600 mil'


As agressões lançadas contra alguns vereadores promovida por membros do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró provocou a indignação do vereador Flávio Tácito (DEM), o Flavinho, também citado nas críticas.

“Eu não me incomodo com as críticas, mas repudio o modo sujo como o sindicato age, fazendo política sem o debate respeitoso”, disse Flavinho. 

Na visão do vereador, as agressões passaram do limite, com a distribuição de panfletos denegrindo a imagem de sete vereadores e o uso de carro de som com logomarca do PT,usado pelo sindicato, em locais públicos.

“Cada vez que meu nome for citado vou usar essa tribuna de maneira firme e cobrar, por exemplo, que o sindicato preste contas dos R$ 600 mil que recebe por ano dos servidores e não diz como esse dinheiro vem sendo gasto”, destacou Flavinho lembrando ainda que irá acionar judicialmente as pessoas responsáveis pelas agressões. 

“Se querem guerra, vamos a guerra, pois eu não tenho medo de sindicato, pois vou as ruas e debato com o povo os seus problemas olhando na cara da população”. Finalizando, o vereador chama a todos para fazer política e oposição debatendo e buscando solução para os problemas que afetam o povo, e não com agressão.

Fonte: Assessoria da Câmara Municipal

Nenhum comentário: