quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Para Betinho, sucessão é assunto para ser tratado por Rosalba e Fafá

“A política, em partes, se alimenta da especulação.” A frase, do deputado federal Betinho Rosado (DEM), se aplica à possibilidade de renúncia da prefeita Fafá Rosado (DEM), cujo assunto vem pautando reuniões e conversas sobre as eleições de 2012.

Betinho afirmou que o tema não foi posto ao diálogo e que, por ser de foro íntimo da prefeita, cabe exclusivamente a Fafá Rosado decidir ou comentar acerca da alternativa que vem sendo difundida para que a vice-prefeita Ruth Ciarlini (DEM) assuma o comando do Executivo e possa disputar a Prefeitura de Mossoró no próximo ano. “A prefeita tem um mandato dado pelo povo e cabe a ela decidir. Essa possibilidade não está posta na mesa, mas pode ser discutida”, comentou.

Betinho Rosado analisa que a definição do candidato governista será feita pelas maiores eleitoras de Mossoró: a governadora Rosalba Ciarlini e a prefeita Fafá Rosado. “São elas que devem se entender. O candidato apoiado (por elas) deverá ser o favorito”, disse o deputado federal. Betinho disse que a sua análise parte da premissa de que a oposição municipal não está bem. “O desempenho dos candidatos de oposição, segundo as pesquisas, tem sido pequeno”, afirmou.

Segundo o parlamentar democrata, as sondagens de opinião pública mostram que a deputada estadual Larissa Rosado – pré-candidata ao Palácio da Resistência pelo PSB – apesar de estar liderando, aparece na casa dos 30%.

Além disso, Betinho disse que o pré-candidato do PT, Josivan Barbosa de Menezes (reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido – UFERSA) não chegou aos 10%. “PT e PSB também não vão se aliar e isso mostra que a oposição está em posição desconfortável”, analisou.

Ainda segundo Betinho Rosado, quando a oposição almeja ganhar uma eleição,m tem que partir para o pleito eleitoral com um bom patamar. Diante disso, ele comentou que o candidato governista ainda a ser definido sairá com uma boa vantagem sobre a oposição. “Se a oposição está com 30%, isso é complicado”, disse.

Câmara Federal
Betinho Rosado informou que sua exoneração da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e da Pesca (SEAPE) para reassumir a vaga na Câmara Federal estava acertada com o Rogério Marinho (PSDB e primeiro suplente) desde o início do ano. Ele disse que reassumirá a SEAPE na próxima sexta-feira.

“Tenho compromisso com as lideranças que me apoiaram no exercício do mandato e o Orçamento Geral da União (OGU) é o instrumento que permite a construção de ginásios, escolas, postos de saúde e outros benefícios e reassumi o mandato para colocar emendas nesse sentido”, disse Betinho, acrescentando que nos últimos anos destinou três emendas para Mossoró, das quais duas foram liberadas e que somam mais de R$ 40 milhões.

Bancada
Ontem houve mais uma reunião da bancada federal para definir as emendas coletivas e individuais que beneficiarão o Rio Grande do Norte. Betinho Rosado informou que cada um dos deputados federais e senadores tem direito.

Segundo ele, das 11 emendas ao OGU, três já estariam praticamente definidas e beneficiam três Instituições de Ensino Superior (IES) do Estado: Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) e Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

Nenhum comentário: