quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Robinson é colocado no seu 'quadrado'

Não é novidade e nem segredo para ninguém: o vice-governador Robinson Faria (PSD) quis ser maior que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Precisou ser lembrado daquela musiquinha, que diz "... cada um no seu quadrado." Robinson achou que continuaria na velha política de dar as cartas no governo. Pensou, apenas.

Certamente ele não imaginou que Rosalba e o ex-deputado estadual Carlos Augusto iriam aceitar a continuação de algo que não deu certo antes. Sim, porque o que Robinson queria era se manter no topo das decisões, de ser procurado pelo governo como era no tempo de Wilma de Faria.

Outro erro do vice-governador foi achar que ele estaria acima da própria governadora. Ora, difícil imaginar que um um vice poderia pensar ter mais poder do que o titular.

Não foi à toa que Rosalba chegou ao Governo do Estado. E também não foi à toa a derrota de Robinson na Assembleia Legislativa. O marido da governadora, ex-deputado Carlos Augusto, sabe perfeitamente os "caminhos das pedras" do Legislativo estadual. Afinal, ele foi presidente da Casa. Robinson chegou a imaginar que somente ele conhecia os meandros da AL. E foi esse o erro fatal.

O desentendimento político entre Robinson e o governo é evidente. Tanto que o presidente da AL, Ricardo Motta, fez essa afirmação em entrevista à imprensa natalense: "é do conhecimento de todos do estremecimento de Robinson com o Governo." E notório, o blog acrescenta.


Nenhum comentário: