quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Chapa proporcional do PV será definida no próximo mês


O diretório municipal do Partido Verde (PV) definirá, no próximo mês, os nomes que vão compor a chapa proporcional dos candidatos que disputarão uma vaga à Câmara Municipal de Mossoró. “A chapa está em vias de ser fechada e acredito que esse ciclo será finalizado em setembro. A gente continua com as reuniões com os pretensos candidatos e intensificando os movimentos do projeto Diálogos do Desenvolvimento, que será a agenda do PV para as próximas eleições”, disse o presidente local da sigla, professor Francisco Carlos de Carvalho, secretário municipal da Cidadania.

Segundo Francisco Carlos, a chapa proporcional do PV terá candidatos da cidade e da zona rural, contemplando todos os segmentos da sociedade. “Precisamos de pessoas ligadas a todas as áreas, inclusive do movimento religioso. Estamos satisfeitos com o trabalho”, disse.

Como existe uma proposta de emenda constitucional (PEC) em caráter terminativo aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal, que versa sobre a não-possibilidade de coligação na chapa proporcional, o PV de Mossoró segue com o seu plano individual. Caso seja possível haver alianças, o assunto será debatido posteriormente.

Com relação à formação de aliança no campo majoritário, Francisco Carlos disse que todo o processo ocorrerá com base na Agenda do Desenvolvimento que o PV está elaborando. Ele disse, contudo, que ainda é cedo para tratar desse assunto. “Ninguém está discutindo apoios ainda e estamos cumprindo uma primeira etapa. Acreditamos que 2012 terá um processo eleitoral diferente. A cidade precisa”, disse.

Francisco Carlos, ao falar que está cumprindo a primeira etapa, se refere ao trabalho que vem fazendo para se viabilizar como nome do grupo governista à sucessão da prefeita Fafá Rosado.

Nenhum comentário: