sábado, 25 de fevereiro de 2017

Tião se diz aberto ao diálogo com Rosalba

Não existe rivalidade ou adversidade que não possa ser ultrapassada em nome de um bem maior. O empresário e ex-candidato a prefeito Tião Couto (PSDB) afirmou que está disposto – e reitera que sempre esteve – a discutir problemas de Mossoró no que diz respeito à geração de emprego e renda. 

Ele responde ao chamamento feito pela prefeita Rosalba Ciarlini (PP), que defendeu a união das classes política e empresarial para o desenvolvimento de ações que possam proporcionar desenvolvimento à segunda maior cidade do Rio Grande do Norte.

Sobre o chamamento feito pela prefeita, Tião Couto afirmou que é um caso a ser analisado, desde que as intenções dela e os projetos a serem discutidos sejam expostos de maneira clara. Para ele, precisaria Rosalba Ciarlini dizer que tipo de apoio precisa e para quais projetos quer ajuda. 

“Precisaríamos conhecer os projetos a serem executados e precisamos conhecer a necessidade e se não está sendo má administração a causa”, disse, acrescentando; “Nossa intenção é sempre ajudar, mas ajudar da forma correta.”

O tucano reafirmou o interesse em discutir com a administração municipal e disse que sempre esteve à disposição de Mossoró na geração de emprego e renda. “E vou continuar”, disse.

A disposição de Tião Couto em dialogar com Rosalba Ciarlini abre uma oportunidade para o fim do radicalismo político que marca todo fim de eleição. Principalmente em relação ao último pleito, que foi bastante acirrado e praticamente dividiu a cidade.

Tião Couto deixou claro que não quer entrar no mérito do problema, de quem o criou ou como surgiu. O interesse externado pelo tucano seria o de discutir soluções para algo que se apresenta danoso ao desenvolvimento coletivo e que estaria impedindo, de certa forma, a retomada do crescimento de Mossoró.

Caso haja entendimento entre Rosalba e Tião Couto, seria a primeira vez em que adversários se uniriam em prol de uma cidade. Ainda mais em virtude de o resultado da eleição ainda ser recente e que, de certo modo, ainda inflama comentários políticos de lado a lado, principalmente quando se tem ações tramitando na Justiça Eleitoral, as quais questionam a legitimidade do processo eleitoral do ano passado.

Caberá agora a prefeita Rosalba Ciarlini comandar as conversas, já que partiu dela o convite de união das lideranças políticas e empresariais para projetar o desenvolvimento de Mossoró.

.


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Câmara voltará a pagar verba de gabinete

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Isabel Montenegro, esteve ontem no Tribunal de Contas do Estado (TCE), mais uma vez, para discutir assuntos ligados à verba de gabinete do Legislativo. Ainda não existe perspectiva de retorno e tudo depende do aval do Tribunal.

Segundo Isabel, o valor que era pago antes era inviável e agora, impossível de ser praticado, porque não se tem orçamento para a verba de gabinete. Para a presidente da Câmara Municipal, existe a possibilidade de retorno da verba.

Disse que o Tribunal de Contas do Estado vai editar uma resolução e julgar o mérito relacionado ao processo envolvendo a Câmara Municipal de Mossoró. “Depois disso, podemos pagar”, afirmou.



Rosalba passa a ter maioria na CMM

Que a política é dinâmica, isso todo mundo sabe, e que pode mudar como o vento: de uma hora para outra. É o que se percebe na Câmara Municipal: quem era oposição, quer ser governo. Isso em menos de dois meses de nova gestão. A questão é uma: será que não pega mal um político estar inserido em um agrupamento e, passada a eleição, migrar para outro? E surge mais outro? Não seria oportunismo?

Perguntas à parte, já que ninguém vai respondê-las, o certo é que o cenário no Legislativo tem tudo para ser diferente de como foi iniciado a partir do resultado das urnas. Pelo menos, quatro vereadores vão deixar suas “origens” e migrar para outro lado. Dois já foram do chamado “eixo rosalbista” e agora querem retornar. Os outros dois, novatos na Casa, podem mudar de ideologia de uma hora para outra.

Quando saiu o resultado das eleições de 2016 e Rosalba Ciarlini foi declarada prefeita de Mossoró, as urnas apontaram, de igual modo, os eleitos à Câmara Municipal. Em outubro do ano passado, Rosalba contava seis parlamentares. Hoje, entre os que vão pro seu lado e os que foram orientados a seguir com o Palácio da Resistência, o total chega a 13. Apenas oito estão na oposição.

Na campanha eleitoral, dos 21 vereadores, apenas oito renovaram o mandato: Francisco Carlos, Izabel Montenegro, Alex Moacir, Alex do Frango, Genilson Alves, Manoel Bezerra de Maria, Flávio Tácito e Ricardo de Dodoca. Destes, três estavam com Rosalba e agora somente dois estão na oposição.

Quem deve retornar ao “ninho rosalbista” são os vereadores Flávio Tácito (PPL) e Manoel Bezerra de Maria (PRTB). Os dois eram filiados ao Democratas e decidiram, pouco antes das eleições do ano passado, aportar em outras legendas para atender o agrupamento político ao qual faziam parte; comandado pelo então prefeito Silveira Júnior (PSD).

A conta sobre oposicionistas e governistas, hoje, é totalmente diferente do número inicial com o resultado das eleições. E o placar está 14 na ala governista e 7 na oposição, podendo chegar a 15.

Um dos vereadores que migrou foi Flávio Tácito. Ele disse ao repórter que, em outras palavras, não mudou de lado. “Sempre fui rosalbista. O problema era partidário”, afirmou. Quando saiu do DEM e era aliado do então prefeito Silveira Júnior, Flávio Tácito assumiu o comando do PSL e disse, agora, que a legenda era coordenada por Silveira.

Á época, Flávio Tácito foi duro com Rosalba. Para confirmar a tese de que tinha rompido com a hoje prefeita e estava com Silveira, o vereador afirmou ao jornalista Neto Queiroz, que publicou a conversa em seu blog, que não havia sido chamado para conversar com Carlos Augusto nem com Rosalba Ciarlini.

Isso foi em 16 de março do ano passado, quando se especulava sobre nomes à Prefeitura de Mossoró. “Não me chamaram nem chamaram Manoel Bezerra. É como se nós não existíssemos.” O material feito por Queiroz fala ainda que o vereador teria dito que no passado podia ser considerado rosalbista de carteirinha, mas que não era mais. Algo que mudou totalmente em menos de um ano. Agora, ele se diz rosalbista desde sempre.


PSD em peso passou a ser do bloco governista

O PSD, que começou todo na oposição ao projeto político de Rosalba Ciarlini durante o começo da eleição do ano passado, agora está todo com a prefeita. A legenda elegeu três vereadores: Emílio de Dr. Ferreirinha, Tony Cabelos e Maria das Malhas. Na eleição, quando o então candidato à reeleição, prefeito Silveira Júnior, viu que não tinha chance de seguir adiante com seu projeto e desistiu, Maria das Malhas foi a primeira a anunciar que seguiria com Rosalba.

Como Silveira rompeu com o governador Robinson Faria, que é presidente estadual do PSD, o partido, certamente, deve ser reformulado em Mossoró. O ex-vereador Jório Nogueira pode ser o escolhido para comandar o partido na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, bem como o vice-presidente da Câmara, vereador Emílio de Dr. Ferreirinha.

Ocorre que uma terceira via está em análise no PSD estadual: o ex-reitor da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) professor Milton Marques de Medeiros estaria sendo sondado e persuadido a assumir o comando da legenda em Mossoró. O repórter tentou falar com Milton Marques ontem, mas ele não atendeu as ligações.



quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Rosalba pede união política e empresarial

A posse do economista Elviro Rebouças na presidência da PreviMossoró, ocorrida ontem no Salão dos Grandes Atos da Prefeitura de Mossoró, foi marcada por recados, dele e da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Isso no sentido de afirmar e reafirmar que a eleição tinha passado, que o eleitor tinha feito a escolha e que a hora seria de união da classe empresarial e política em prol da cidade.

Pode ser que o evento tenha sido realizado de maneira estratégica, já que lá estavam os principais líderes empresariais de Mossoró, 19 dos 21 vereadores, líderes religiosos e políticos, dentre eles a ex-prefeita Fafá Rosado.

“A hora é de união. A campanha (eleitoral) foi no ano passado e o povo já decidiu. Convoco a todos: empresários, todos da classe política, e dizer que o momento é de somar, para que possamos fazer mais, para que possamos ver nossa terra respeitada e reconhecida”, afirmou Rosalba Ciarlini, acrescentando que esses dois meses de governo têm sido marcados por algo que chamou de “luta grande”. E citou que foram utilizados mais de R$ 50 milhões para a folha de pagamento.

“Não podemos é permitir desorganização administrativa”, disse. Segundo a prefeita, o momento ainda é de remar contra uma “correnteza”, para colocar Mossoró no rumo certo.

Rosalba disse ainda que caberá ao novo presidente da PreviMossoró analisar o quadro da instituição. Ela comentou que a situação do órgão não era fácil, pois o ex-prefeito Silveira Júnior (PSD) deixou de fazer alguns repasses. “O novo presidente vai se debruçar sobre todas as questões e vamos ver as soluções. Muito do que deveria ter sido repassado à Previ na gestão passada deixou de ser. Parcelamento que não foi honrado. Quando o novo presidente fizer o levantamento, será mostrado.”

Sobre o presidente da Previ, a prefeita afirmou que Elviro Rebouças é “trabalhador, competente e capaz. É um empresário que vem dar sua contribuição cidadã à nossa administração”.


Reforma administrativa está sendo pensada

A Prefeitura de Mossoró passará por uma reforma administrativa. O projeto já está sendo elaborado, mas não tem prazo para ser apresentado. A prefeita Rosalba Ciarlini disse que a ideia está sendo pensada e trabalhada.

“A reforma não é feita de uma hora para outra. Está sendo vista, pensada e trabalhada, de forma que fique a dar mais agilidade e auxiliar para que o trabalho tenha mais fluidez”, comentou. A única informação que a prefeita vazou foi de que não se pode deixar a tecnologia de lado.

De imediato, apenas a criação da Secretaria Municipal de Cultura. Rosalba afirmou que a proposta vai ser apresentada quando a Câmara Municipal abrir os trabalhos legislativos. O retorno da pasta é um compromisso que ela assumiu, ainda na campanha, com a classe artística local.

“Cultura, na nossa cidade, é algo importante e de valor. Não apenas pelo resgate de valores que temos, mas porque a cultura é evento que traz evento, emprego e oportunidade”, disse Rosalba.

A prefeita acrescentou que tem pressa em recriar a Secretaria de Cultura, até porque já é tempo de trabalhar o projeto do “Mossoró Cidade Junina”, o qual, para ela, não pode ser uma festa solta. “Hoje mesmo, tive encontro com gestores da educação e disse a eles que a Cultura deveria sair de dentro das escolas. Se os recursos são poucos, o momento é de criar. E arte é isso: criar.”



Elviro deixa claro que não será mero assessor
  
Em discurso de posse na presidência da PreviMossoró, o empresário Elviro Rebouças externou que não será um mero assessor da prefeita Rosalba Ciarlini e disse que enviará sugestões aos secretários, além de críticas. Quando necessário.

Elviro afirmou que Mossoró está saindo de uma “época negra” e que a cidade está esquecida pelos governos do Estado e Federal. “E passou um período negro na administração municipal”, disse.

Direcionando suas palavras para a prefeita Rosalba Ciarlini, disse que a cidade espera, agora, uma administração que possa tirar Mossoró da “situação vergonhosa”. “É hora de caminharmos para tirar Mossoró dessa situação vergonhosa”, comentou.

Sobre sua atuação na PreviMossoró, disse esperar contribuir com a administração e frisou que a nova gestão tem que ser unida. “Somos uma partícula da administração. Esta administração tem que ser uma. Farei encaminhamentos aos secretários na qualidade de assessor. Serei sincero e leal”, afirmou.

PMM pagará dezembro a mais de 62% em março

Os servidores municipais vão receber os salários de dezembro deixados em atraso pela gestão anterior a partir do dia 13 de março. O anúncio foi feito pela prefeita Rosalba Ciarlini em reunião realizada no final da tarde desta quarta (22) com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum).

Ficou definido que o servidor que ganha até R$ 1.200 (1.626 funcionários) receberá o salário integral no dia 13 de março. Já quem ganha a partir de 1.200 a 2.200 (1.747 servidores)  receberá no dia 10 de abril. Com isso, funcionários que se enquadram na primeira faixa receberão três meses (fevereiro – dia 24; dezembro- dia 13 de março e março - dia 30).

Com os pagamentos definidos até abril, 3.373 servidores receberão os salários atrasados de dezembro, representando 62,5% do funcionalismo com os débitos quitados. “Estamos fazendo um grande esforço e priorizando a folha de pagamento do servidor”, exaltou a prefeita, que citou ainda que diante das dificuldades financeiras está pagando inicialmente os servidores com menor salário e que representam a maioria no quadro efetivo do Município.

A prefeita também assegurou ao Sindiserpum os salários de março e abril em dia. Uma nova reunião ficou definida para o dia 03 de maio, quando serão discutidos os pagamentos que restam do funcionalismo. “Vamos avaliar, de acordo com o comportamento da receita, para liquidar o restante”, conclui a prefeita.

Confira o calendário de pagamento definido em audiência:

13/03 – salários até R$ 1.200 ( atrasados de dezembro)
30/03 – salários de março
10/04 – salários de R$ 1.200 a R$ 2.200 ( atrasados de dezembro)

28/04 – salários de abril

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

CMM aprova reajuste salarial do professor

A Câmara Municipal de Mossoró aprovou, em sessão extraordinária realizada nesta terça-feira (21), a Lei Complementar N. 128, de 2017, que reajusta o piso dos professores da rede municipal de ensino. A lei, de iniciativa do Executivo, foi aprovada à unanimidade pelos 19 vereadores presentes à sessão, de um total de 21.

Com a decisão da Câmara, o piso do magistério foi reajustado em 7,64%, conforme percentual determinado pelo Ministério da Educação (Mec). Com isso, fica fixado o valor de R$ 2.298,80 para jornada de 40 horas semanais. O salário básico do professor de nível superior com carga horária de 40 horas semanais será de R$ 3.194,09.

A presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), Marleide Cunha, comemorou a aprovação do reajuste. “Nós estamos contentes porque as bancadas de oposição e situação entraram em acordo, dispensando o trâmite do projeto, para que ele fosse aprovado hoje em regime de urgência. A gente conseguiu a aprovação e os professores receberão os salários com o reajuste conforme manda a lei do piso nacional”, destacou.

A presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro, ressaltou a importância da aprovação da matéria. “Essa aprovação por unanimidade foi muito importante. É um projeto desejado por todos que fosse aprovado e não tinha nem muito que se discutir. O bom senso prevaleceu”, declarou.

A prefeita Rosalba Ciarlini disse que a aprovação por unanimidade do projeto do novo salário do professor foi uma demonstração de sentimento de união e trabalho. "Sentimento de colaboração por uma causa nobre que é o salário do nosso professor", resumiu Rosalba.

O reajuste aprovado hoje representará, segundo estimativa da Secretaria de Administração e Finanças, em incremento de R$ 5,6 milhões anual nas despesas com Educação, compatível com o Orçamento Geral do Município para o exercício de 2017 e créditos adicionais. O valor reajustado será retroativo ao dia 1° de janeiro de 2017.

Com a antecipação do salário referente ao mês de fevereiro para o dia 24 (sexta-feira), os professores recebem os valores já com o reajuste, conforme aprovado por lei.


Segurança orienta eventos privados

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta terça (21), a Secretaria Municipal de Segurança, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito apresentou as orientações sobre as responsabilidades dos organizadores de eventos de carnaval em Mossoró no que diz respeito aos aspectos que envolvem segurança e legislação ambiental. A reunião contou com a presença da secretária executiva de Meio Ambiente e Urbanismo, Doriana Burlamaqui, além de autoridades das polícias militar e civil.

O secretário Eliéser Girão informou que existem cerca de 20 eventos privados previstos no período que antecede e durante o carnaval. “Estamos reunindo a imprensa para informar também que todos os eventos realizados em via pública precisam ser autorizados pela Prefeitura”, orienta e cita ainda que é de responsabilidade dos organizadores a segurança  interna, balizamento e isolamento da área. 

Para garantir a segurança da área, a Polícia Militar também precisa ser informada. O encontro contou com a presença dos comandantes dos batalhões da Polícia Militar e do II Distrito de Polícia Rodoviária Estadual ( DPRE), que garantiram o apoio necessário. “Estamos realizando esse trabalho ostensivo nos eventos privados e também nas festas públicas realizadas na região. A Polícia Rodoviária Estadual não isola as ruas, mas garante a segurança da população”, destaca o comandante do II DPRE, capitão Lima.

A secretária executiva de Meio Ambiente e Urbanismo, Doriana Burlamaqui, precisa de tempo hábil para fazer a análise urbanística e ambiental do evento. “ Essas informações precisam ser autorizadas pela Prefeitura com antecedência. Isso inclui a localização da festa, percurso, número de participantes e volume do som”, conclui.


Educação inicia Jornada Pedagógica

A Secretaria de Educação deu início hoje, 21, a Jornada Pedagógica 2017. O encontro é o pontapé inicial para o ano letivo e reuniu servidores da organização central da Educação no Município.

A prefeita Rosalba Ciarlini, ao lado da secretária de Educação Magali Delfino, destacou que toda a equipe deve estar sintonizada e com vontade de superar os obstáculos. “A nossa responsabilidade é grande em enfrentar as dificuldades, mas com o pouco que temos é preciso mostrar que podemos fazer mais, sempre valorizando o magistério e a permanência da criança na escola”, disse.

Os diretores das escolas iniciam amanhã a Semana Pedagógica com a preparação para o início das aulas em 6 de março. Ao todo o município conta com cerca de 1.400 professores. “Conto com todos para fazer da escola um local semelhante a nossa casa, que cuidamos e fazemos o que está ao nosso alcance para melhorar”, destacou a prefeita.


A abertura dos trabalhos contou ainda com a presença da vice-prefeita Nayara Gadelha e do vereador Francisco Carlos, representando a Câmara Municipal de Mossoró.

Pagamento será antecipado para a sexta-feira

O servidor municipal vai passar o feriado de carnaval com o salário na conta. A Prefeitura de Mossoró confirmou a antecipação do pagamento da folha salarial para o dia 24, sexta-feira.

A programação inicial seria 02 de março, mas a prefeita Rosalba Ciarlini pretende pagar o funcionalismo no último dia útil antes do feriado.

“A antecipação do pagamento é resultado de um grande esforço. Conseguimos conter gastos, reduzir despesas e priorizar a folha salarial do funcionalismo municipal”, destacou a prefeita.


Com a confirmação do envio do projeto de lei que reajusta o piso dos professores para a Câmara Municipal, os salários do mês de fevereiro para o magistério podem vir com o novo valor. A sessão extraordinária acontece nesta terça (21), que é quando os vereadores vão votar o aumento de 7,64%, conforme percentual determinado pelo Ministério da Educação (MEC) e encaminhado pela prefeita Rosalba Ciarlini ao legislativo municipal.

Prefeitura vai implantar 'ônibus inteligente' em Mossoró

Informações sobre rotas e horários da passagem dos ônibus repassados através de um aplicativo são algumas das propostas do ônibus inteligente. O assunto foi pauta de uma reunião realizada na tarde da segunda-feira, 20. A prefeita Rosalba Ciarlini discutiu sobre esse e outros temas com o diretor da empresa Cidade do Sol, Waldemar Araújo, e representantes da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Sindicato do Comércio Varejista (SINDIVAREJO), Sindicato da Indústria da Construção Civil (SINDUSCON) e da Câmara de Vereadores de Mossoró.

De acordo com a prefeita, o projeto poderá ser implantado em até 90 dias. “Esse é um projeto que traz tecnologia e proporciona melhorias ao usuário de transporte coletivo”, afirma Rosalba.

As discussões incluíram também outros pontos. O representante da empresa Cidade do Sol, Waldemar Araújo,  apresentou os números sobre a quantidade de usuários e destacou que há muitos estudantes que utilizam o ônibus como meio de transporte. 

Rosalba mencionou que a melhoria do serviço é fundamental para atrair o usuário. “O que precisamos é dar credibilidade ao passageiro, para que ele saiba que vai sair da sua residência para uma parada de ônibus, mas que não vai passar uma hora esperando pelo transporte público”, afirmou.


O encontro contou ainda com a participação dos vereadores Izabel Montenegro, João Gentil, Alex Moacir, Manoel Bezerra, Emílio Ferreira, Sandra Rosado, Maria das Malhas e da assessoria da vereadora Isolda Dantas.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

PMM envia projeto de lei do reajuste do piso dos professores

A Prefeitura Municipal de Mossoró enviou para a Câmara Municipal nesta segunda-feira (20) o Projeto de Lei Complementar N. 128, de 2017, que reajusta o piso dos professores da rede municipal de ensino.

O projeto reajusta o piso do magistério em 7,64%, conforme percentual determinado pelo Ministério da Educação (MEC). Com isso, fica fixado o valor de R$ 2.298,80 para jornada de 40 horas semanais. O salário básico do professor de nível superior com carga horária de 40 horas semanais será de R$ 3.194,09.

“Pretende-se, com o presente Projeto de Lei Complementar, reconhecer o trabalho de qualidade e com dedicação, que é desempenhado por todos os profissionais do magistério, que compõem a rede municipal de ensino, e que preparam o presente e o futuro de milhares de crianças de Mossoró”, destaca a prefeita Rosalba Ciarlini, em mensagem enviada à Câmara.

O reajuste representará, segundo estimativa da Secretaria de Administração e Finanças, um incremento de R$ 5,6 milhões anual nas despesas com Educação, compatível com o Orçamento Geral do Município para o exercício de 2017 e créditos adicionais. O valor reajustado será retroativo ao dia 1° de janeiro de 2017.

O projeto será votado em regime de urgência, conforme solicitado pela prefeita, em sessão extraordinária convocada pela presidente da Câmara, vereadora Izabel Montenegro, para esta terça-feira (21). Os vereadores participam de reunião interna, às 9 horas, para definir a formação das comissões técnicas da Casa e, logo após, a votação será realizada. 


Sesc abre vagas em cursos preparatórios para o Enem

O Sistema Fecomércio RN, por meio do Serviço Social do Comércio do Rio Grande do Norte (Sesc RN), dará início, na próxima terça-feira, (21/02), às inscrições para os cursos de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).  Serão oferecidas 460 vagas em cinco cidades potiguares: Natal, Mossoró, Caicó e Macaíba – como já acontece há alguns anos - e, de forma inédita, em Assú. Para se candidatar, é preciso se inscrever nas centrais de relacionamento das unidades Sesc de cada cidade, com exceção de Assú, onde deve-se ir à unidade do Senac. As inscrições podem ser feitas até dia 23/02, a uma taxa de R$ 20.

Destinados exclusivamente a comerciários e seus dependentes, os cursos preparatórios para o Enem disponibilizam aulas e materiais didáticos referentes às disciplinas abordadas no Exame – Línguas Portuguesa e Estrangeira, Artes, História, Geografia, Ciências da Natureza, Química e Matemática e suas tecnologias. Como o número de alunos nos cursos é limitado, será feito um cadastro de reserva para preenchimento de possíveis vagas remanescentes nos dias 02 e 03/03, nos mesmos locais das inscrições.

Para se inscrever, é preciso estar munido de cópias dos documentos de identidade (RG e CPF), incluindo dos pais ou responsáveis em caso de menores de idade; comprovante de residência; histórico escolar do
Ensino Médio ou declaração de que está cursando o Ensino Médio; cópia do cartão de associado Sesc RN (categorias comerciário ou dependente de comerciário).

A lista com os selecionados será divulgada dia 23/02 no site do Sesc RN, o www.sescrn.com.br, e as aulas acontecerão entre 02/03 e 31/10, pela manhã e à noite, nas unidades Senac da Zona Norte e Zona Sul (Natal), de Mossoró, de Macaíba e de Assú, exceto em Caicó, onde os alunos assistirão às aulas no Colégio Universitário de Caicó (CUCA).

Sobre o projeto

Desde 2012, o Sesc RN disponibiliza gratuitamente aulas e cursos para que alunos concluintes e que já concluíram o Ensino Médio se prepararem para o Enem. Nestes cinco anos, o projeto já ofertou 2.833 vagas e, só em 2016, 12 alunos e alunas se matricularam em instituições de níveis técnico e superior graças ao suporte dos cursos preparatórios do Sesc. Em 2017, serão destinadas 130 vagas a Natal, 130 a Mossoró, 100 a Caicó, 50 a Macaíba e, pela primeira vez, 50 a Assú.

Serviço:
O quê? Sesc oferece cursos preparatórios para Enem
Quando?
Inscrições gerais: de 21 a 23/02 (ou enquanto houver vaga)
Inscrições para vagas remanescentes: 02 e 03/03
Onde?
NATAL
Central de Atendimento Sesc Cidade Alta | Rua Coronel Bezerra, nº 33, Cidade Alta | (84) 3133-0360
Central de Atendimento Sesc Zona Norte | Rua Paranduva, 2.873, Conjunto Santa Catarina | (84) 3214–7350

MOSSORÓ
Central de Atendimento Sesc Mossoró
 | Rua Dr. João Marcelino, S/N, Nova Betânia | (84) 3316-3665

MACAÍBA
Central de Atendimento Sesc Macaíba
 | Rua Professor Caetano, nº. 310, Centro | (84) 3271-1433

CAICÓ
Central de Atendimento Sesc Caicó
 | Rua Washington Luiz, nº. 55, Boa Passagem | (84) 3421–2337

ASSÚ
Senac
 | Rua Vinte e Quatro de Junho, 1092, Centro | (84) 3331-1585


2018 está bem pertinho

As eleições de 2018 estão longe? Para uns, falta muito tempo; para outros, nem tanto. E em política, a coisa “anda” com uma rapidez incrível: termina uma eleição e outra começa a ser pensada com a mesma intensidade. Ou maior.

Em Mossoró, cidade que tem ares políticos bem acentuados, não dá para fugir das especulações. Os que ficaram fora do pleito de 2016, por um motivo ou outro, tendem a ressurgir em 2018. Os que tiveram insucesso em 2014, certamente, vão estar na disputa no ano que vem.

E os que se elegeram em 2016 também, alguns, podem estar pensando em outubro do próximo ano. Assim sendo, não estaria longe de discutir a próxima eleição e o que está em pauta é apenas como tais anseios serão costurados para que se obtenha êxito nas urnas. Esse é o objetivo de todos.

Da Câmara Municipal, dos 21 vereadores, um é certeza que vai para as eleições de 2018. A vereadora Sandra Rosado (PSB), que era deputada federal e não se reelegeu em 2014, é um desses nomes certos. Com certeza, ela fará dobradinha com a filha, deputada estadual Larissa Rosado (PSB), em algumas cidades oestanas, assim como ela deve fazer o mesmo com outros nomes em diversas outras cidades potiguares. Mas, como ficará em Mossoró? Eis a questão.


Em 2014, Mossoró foi “invadida” por nomes de fora. Veio o ex-prefeito de São Miguel Galeno Torquato (PSD) e arrematou boa quantidade de votos. Na época, teve o respaldo do então prefeito Silveira Júnior. Isso para vaga de deputado estadual. Ainda teve o ex-prefeito Manoel Cunha Neto (PHS), “Souza”, de Areia Branca, que amealhou boa votação por estas bandas. O repórter não vai aqui falar em quantidade de votos obtidos; apenas dizer quem se deu bem (quem se elegeu e quem ficou fora).

Mossoró tinha duas cadeiras na Câmara Federal, ocupadas por Sandra Rosado e Betinho Rosado (PP). A Assembleia Legislativa também tinha duas representações: Leonardo Nogueira e Larissa Rosado. Perdeu uma na Câmara Federal e duas no Parlamento Estadual. Em 2014, quase que Mossoró ficou sem nada e quem salvou a “pátria” foi a eleição de Beto Rosado (PP) à Câmara Federal.


Agora para 2018, as coisas voltam a clarear. Isso com relação a nomes que possam representar a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte na Câmara Federal e na Assembleia Legislativa. Até aqui, só duas definições: a vereadora Sandra Rosado deve tentar voltar ao Congresso Nacional, e Larissa Rosado, com certeza, vai em busca da renovação do mandato. Lembrando que Larissa não se reelegeu e voltou à AL devido o fato de o deputado estadual Álvaro Dias ter sido eleito na chapa do prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), de Natal, na condição de vice-prefeito.


Mossoró terá boa safra de candidatos à AL


Na linha especulativa que se apresenta no momento em Mossoró, a segunda maior cidade do Rio Grande do Norte deverá ter uma disputa interessante à Assembleia Legislativa. A cidade, que chegou a ter quatro representantes no Parlamento Estadual, agora só tem um.

Para 2018, algumas opções novas podem se apresentar. É o caso da secretária municipal do Desenvolvimento Social, Lorena Ciarlini, filha da prefeita Rosalba Ciarlini (PP). Aliás, tem sido praxe para quem está sentado na giroflex do Palácio da Resistência emplacar um deputado estadual.
 
Foi assim com a própria Rosalba, quando teve a irmã Ruth Ciarlini na Assembleia, e com a ex-prefeita Fafá Rosado, que teve o marido Leonardo Nogueira deputado estadual.

Além de Lorena Ciarlini, surge a possibilidade de a ex-prefeita Fafá Rosado tentar uma vaga à Assembleia Legislativa. Nas eleições de 2014, a ex-prefeita foi candidata à Câmara Federal. Ainda existe a especulação relacionada ao empresário Tião Couto (PSDB) vir a ser candidato a deputado estadual.

Também se especula que ele poderá tentar uma cadeira na Câmara Federal e fazer dobradinha com Fafá Rosado.

“Corre-se o risco” de se ter mais vereadores na disputa, além da vereadora Sandra Rosado. É que o vereador Alex do Frango (PMB), talvez, venha sendo persuadido a tentar vaga à Assembleia Legislativa. Ele tem negado tal projeto, mas dias passados ele cumpriu agenda intensa em municípios da região.


sábado, 18 de fevereiro de 2017

Prefeita reúne secretários para atualização das atividades

Desde o início desta gestão a prefeita Rosalba Ciarlini tem reunido semanalmente o secretariado para atualização das ações e para deliberar as próximas atividades.

Durante o encontro desta sexta, 17, foram tratados assuntos como a realização de projetos em parceria entre as secretarias, alguns que já estão sendo postos em prática, como as ações de combate aos transtornos causados pelas primeiras chuvas, no sentido de melhoria dos serviços urbanos, de atendimentos de saúde, assistência social, meio ambiente e que envolvem ainda questões nas pastas do Planejamento e Finanças.

Rosalba ressaltou que a área dos serviços urbanos merece uma resposta rápida à população. “Questões como lixo nas ruas, falta de iluminação, tudo isso causa transtorno às pessoas, por isso não devemos descansar neste sentido, o trabalho de identificação e ação tem que ser ágil”, disse.

Outra área em que a parceria entre as secretarias também está dando certo é relacionada às ações de combate à Dengue e arboviroses, com a dos agentes e equipes das Unidades Básicas de Saúde, a mobilização dos equipamentos sociais e nas escolas municipais, a limpeza urbana, entre outras.

“Todos sabemos da situação a qual encontramos a Prefeitura, com dificuldades em todas as secretarias, mas também sabemos o empenho que temos que ter pela confiança que nos foi dada. O trabalho em parceria entre as secretarias, estes encontros periódicos para que cada um fale da realidade dos serviços, dos projetos a serem desenvolvidos, reforça a nossa união para colocarmos em prática o choque de reorganização”, afirmou a prefeita


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Saúde informa calendário de vacinação da Febre Amarela

A Prefeitura de Mossoró reforça a informação sobre o calendário de vacinação contra a Febre Amarela nas Unidades Básicas de Saúde do Município (UBSs).

Como Mossoró não integra as áreas consideradas de risco, a rede básica municipal recebe doses em quantidade menor e a orientação é priorizar a população que vai viajar para regiões endêmicas.  

O Ministério da Saúde informa quais os locais no Brasil merecem atenção especial neste período: regiões Norte e Centro-Oeste, parte do Nordeste (Maranhão, Piauí e Bahia), do Sudeste (Minas Gerais, São Paulo e Espírito Santo) e do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).


Confira quais as unidades e os horários que são ofertadas as vacinas em Mossoró:

Segunda-feira (tarde) - UBS José Fernandes - Lagoa do Mato
Terça-feira (manhã) - UBS Lucas Benjamin - Abolição III
Quarta-feira (manhã e tarde) - UBS Dr. Ildone Cavalcante - Barrocas
Quinta-feira (tarde) - UBS José Fernandes - Lagoa do Mato
Sexta-feira (manhã e tarde) - UBS Maria Soares – Inocoop Alto de São Manoel